preco combustiveis proxima semana portugal

Preço Combustíveis Próxima Semana (19 a 25 Setembro)

Se procura as previsões para a semana de 26 de Setembro a 2 Outubro 2022, clique aqui!

As previsões apontam para uma descida esta semana, pelo menos do gasóleo, com a ajuda do preço dos futuros, apesar da cotação do Euro não ajudar

Se está a pensar em meter combustível ainda esta semana, aguarde. É que, tendo por base o preço dos futuros de gasolina e gasóleo, o valor da moeda Euro e o preço do petróleo, que é medido pelo índice Brent, poderão haver descidas na próxima semana, especialmente no gasóleo.

Este valor surge na sequência de duas descidas de preços em semanas consecutivas.

No caso da gasolina, a descida de preço não é certa, porque, dada a cotação do Euro, futuros da gasolina e preço do petróleo, não existe uma evolução muito positiva em relação à semana passada. Será necessário saber como fecham os mercados amanhã (sexta-feira), mas conte com um preço muito idêntico ao desta semana.

Já o gasóleo irá, quase de certeza, descer. Mais uma vez, depende do dia de sexta-feira (16 Setembro) para conhecer os valores finais, mas diríamos que a descida poderá situar-se entre os 5 e os 7 cêntimos.

Note que o preço dos combustíveis é livre, isto é, as estimativas são meramente indicativas e as gasolineiras podem fixar os preços que entenderem, não só à segunda-feira (onde as mexidas são mais frequentes) mas a qualquer dia.

Se quiser poupar mais, continue a ler este artigo e veja o que temos para lhe oferecer.

O que fazer para poupar combustível

Numa altura de elevada inflação, todas as dicas de poupança são bem-vindas, e no caso dos transportes, que representa uma das maiores despesas dos portugueses, estas dicas podem ser determinantes para sobreviver ao mês.

Foi com base nesta premissa que elaboramos um artigo que sugere seis dicas para poupar combustível. Pode ler o mesmo clicando no artigo abaixo:


6 dicas para poupar combustível em 2022


Como é calculado o preço dos combustíveis em Portugal?

Segundo a Deco:

Em Portugal, a Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE), responsável pela gestão das reservas estratégicas nacionais de petróleo e produtos petrolíferos, calcula e publica todos os dias um preço de referência para os combustíveis. Este permite ter uma aproximação aos preços dos combustíveis até à fase de armazenamento, prévia à distribuição e comercialização, e inclui as variáveis abaixo. 

Deco

As variáveis que entrem na equação para definir o preço final são:

Cotação Internacional

A cotação internacional é monitorizada diariamente, e faculta a maior base para a definição do preço do combustível. É por isso que, por norma, quando o preço do barril tende a subir, os combustíveis também, e vice-versa. Existem algumas exceções, como quando a moeda Euro desvaloriza face ao Dólar, sendo que neste caso, mesmo com a diminuição do preço do barril, os combustíveis podem subir.

Frete

O custo de transporte representa atualmente cerca de 30% do preço final dos combustíveis pago pelos consumidores. Embora não seja o único fator, este custo pode justificar a diferença de preços entre países cuja carga fiscal é idêntica, como é, neste momento, Portugal e Espanha.

Biocombustíveis

Por lei, é necessário incorporar biocombustíveis na gasolina e no gasóleo, mas isto tem custos na carteira do consumidor. Estes biocombustíveis servem, sobretudo, para reduzir as emissões de gases com efeitos de estufa.

A percentagem de incorporação de biocombustíveis não é definida a nível nacional, é definido pela União Europeia, e neste momento é de 11%.

Reservas

Existem reservas de combustível controladas pela ENSE. Esta reserva tem custos que se podem refletir no preço dos combustíveis.

Descarga e armazenamento

Os custos com operações logísticas de receção do petróleo bruto ou produtos derivados do petróleo também tem algum impacto nos preços.

ISP

O ISP contempla, atualmente, um imposto sobre produtos petrolíferos ou energéticos e também uma taxa de carbono, que se encontra atualmente suspensa como forma de mitigar a escalada de preços dos combustíveis provocada pela invasão da Ucrânia pela Rússia.

IVA

O IVA é aplicado por cima de tudo isto, a uma taxa de 23%

Custos de comercialização e margem comercial

Cada posto pode definir uma margem líquida de comercialização, e por norma é a razão pela qual dois postos podem ter preços tão diferentes. Esta margem de comercialização também esta sujeita a IVA.

Mais dicas de poupança

Se pretende conhecer mais dicas nossas sobre como poupar mais dinheiro este ano, pode consultar o nosso artigo de nove truques simples para poupar dinheiro em 2022. Para tal, clique no link abaixo:


9 truques simples para poupar dinheiro em 2022


Não perca mais nenhuma atualização do preço dos combustíveis

No Poupa Pilim, colocamos todas as semanas (habitualmente às quintas-feiras) a previsão do preço dos combustíveis para a semana seguinte. Se não pretende perder essa previsão, opte por subscrever a nossa newsletter.

Com a nossa newsletter, receberá um email muito simples logo pela manhã, com os cinco novos artigos do dia anterior, que podem ser novos folhetos de supermercado, catálogos, dicas de poupança, e claro, a previsão do preço dos combustíveis. Uma forma prática de estar a par das novas promoções e melhores oportunidades para as suas compras semanais.

Em tempos de grande escalada de preços, pode contar com o Poupa Pilim.

Leave a Comment

Folhetos
Subscrever
Dicas
fuel-line
Combustíveis
Procurar